domingo, 11 de setembro de 2016

Trilogia das Jóias Negras

Anne Bishop já era uma autora que estava já há alguns anos para experimentar. Sempre me falaram bem e disseram que quem gosta de Juliet Marillier também ia gostar de Anne Bishop apesar de ser fantasia negra.
A trilogia é composta por "Filha do Sangue", "Herdeira das Sombras" e "Rainha das Trevas".

E pronto, lá fui arranjar a trilogia completa para ler tudo seguido.

Filha do Sangue

("Daugher of the Blood")
de Anne Bishop

★★☆☆☆½ 

Há setecentos anos atrás, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súbditos, uma Viúva Negra profetizou a chegada de uma Rainha na sua teia de sonhos e visões. Agora o Reino das Sombras prepara-se para a chegada dessa mulher, dessa Feiticeira que terá mais poder do que o próprio Senhor do Inferno. Mas a Rainha ainda é nova, passível de ser influenciada e corrompida. E quem controlar a Rainha controlará o mundo...

Harry Potter And The Cursed Child

Quem  me conhece sabe o quão fã de Harry Potter sou e quão esses livros influenciaram a minha vida. Quando saiu a notícia que haveria uma peça que seria uma continuação da saga fiquei tão triste por saber que não podia ir a Inglaterra ver... Mas quando foi revelado que o guião sairia em livro fiquei mais feliz porque assim ao menos ia ficar a conhecer a história.
Assim que a peça estreou não resisti à tentação e fui ao Tumblr à procura de spoilers de abençoada almas que não mantiveram o secretismo que a J. K. Rowling pediu, eheh.
Fiquei tão, mas tão desiludida com o que descobri que o interesse em ler o livro se tornou quase nulo.
Na mesma semana em que o livro saiu a minha prima sabendo que gosto muito de Harry Potter insistiu em emprestar-me o livro.
Bom, acabei por o ler apesar de já ter uma opinião meio formada sobre a história.

Harry Potter And The Cursed Child

por J. K. Rowling, John Tiffany e Jack Throne

★★



Harry Potter and the Cursed Child traz de volta as personagens mais carismáticas da série: Harry, Ron e Herminone, agora adultos, mas também os respetivos filhos e com estes desafios novos… e antigos:
- O que aconteceu depois de Hogwarts?
- E com o fim de Voldemort, estará o mal erradicado de vez?
Baseada numa história original de J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne, Harry Potter e a Criança Amaldiçoada - a nova peça de teatro de Jack Thorne -, cuja estreia mundial decorreu no West End, em Londres, no passado dia 30 de Julho, é a primeira história oficial de Harry Potter a ser apresentada em versão teatral.
Foi sempre difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele se tornou num muito atarefado funcionário do Ministério da Magia, casado e pai de três crianças em idade escolar.
Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar para trás, o seu filho mais novo, Albus, tem de se debater com o peso de um legado familiar que nunca desejou. Quando o passado e o presente se cruzam, pai e filho confrontam-se com uma desconfortável verdade: por vezes as trevas vêm de lugares inesperados.

A Guerra dos Tronos & A Muralha de Gelo

Sim, comecei a ler as Crónicas de Gelo e Fogo em português. Sim, também sei que dividem um livro em dois e que acaba por sair mais caro e ocupar mais espaço comprado em português. Mas gosto mais das nossas capas do que as originais, que posso eu fazer.

A Guerra dos Tronos

("A Game of Thrones")
de George R. R. Martin

★★



Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida, e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha: uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da rainha. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal: a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia! Sozinho na corte, Eddard também se apercebe que a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo. Uma galeria de personagens brilhantes dá vida a esta saga: o anão Tyrion, ovelha negra do clã Lannister; Jon Snow, bastardo de Eddard Stark que decide juntar-se à Patrulha da Noite, e a princesa Daenerys Targaryen, da dinastia que reinou antes de Robert, que pretende ressuscitar os dragões do passado para recuperar o trono, custe o que custar.

Jim Henson's Labyrinth: The Novelization

O livro baseado num dos meus filmes preferidos de sempre: Labyrinth!

Jim Henson's Labyrinth: The Novelization

de  A.C.H. Smith

★★★



Frustrada por ter de cuidar do meio-irmão enquanto os seus pais estão fora, a adolescente Sarah sonha em livrar-se da criança, que não pára de chorar. Atendendo o seu pedido, o Rei dos Goblins, personagem de um dos livros de Sarah, ganha vida e sequestra o bebé. Arrependida, a menina terá de enfrentar um labirinto e resgatar o irmão antes da meia-noite para evitar que ele seja transformado num goblin.

A História Interminável

A aquisição deste livro tem uma história engraçada. Foi encontrado ao acaso numa Feira de Velharias. Ia comprar um outro mas a capa deste livro chamou-me a atenção por ser antiga e eu gostar de capas antigas. Quando lhe li o titulo sabia que o conhecia de algum lado mas não me consegui lembrar de onde por mais que tentasse. Agarrei e não pensei duas vezes: Comprei-o.
Quando cheguei a casa, ao telemóvel a contar as compras literárias ao Respectivo é que lhe disse que sabia que conhecia aquilo de algum lado, que o nome me era familiar mas não conseguia lembrar-me de onde. Ao que ele me respondeu assim que lhe disse o título:
" - Então! Mas isso é o livro do filme da Neverending Story!"
Senti-me tão parva mas fez-se imediatamente luz. Nunca soube o nome em português da  Neverending Story mas inconscientemente a minha cabeça traduziu o nome para inglês, daí ele me parecer tão familiar mas não conseguir chegar lá. A mente é uma coisa engraçada.

Enfim, uma pequena história muito interessante (ou não).

A História Interminável

("The Neverending Story")
de Michael Ende

★★★

A Luz das Runas

Continuação do livro "A Marca das Runas" de Joanne Harris.
Gostei muito do primeiro e ainda andei um pouco de tempo à procura deste livro em segunda mão mas não o encontrei e lá tive eu que ir a Bertrand encomenda-lo...

A Luz das Runas

("Runelight")
de Joanne Harris

★★★★☆


Três anos após o Fim do Mundo, o silêncio reina ainda nas Catacumbas… 
Após a queda da Ordem, o mundo está a voltar lentamente à vida. Maddy sente-se finalmente em paz, agora que está livre das regras brutais da organização. Mas para Maggie, nascida e criada no seio da Ordem, este é um tempo de caos e desolação. 
Maddy e Maggie vivem a mil quilómetros de distância uma da outra mas têm uma coisa em comum: ambas nasceram com a marca das runas na pele. Um símbolo que remonta ao tempo em que o mundo era governado por deuses que habitavam Asgard. 
Asgard está agora em ruínas, e o poder dos deuses foi há muito destruído. Pelo menos, é o que todos pensam… 
Mas nada se perde para sempre. Os deuses ainda não desistiram. Eles cobiçam o poder das runas que as duas jovens detêm. Maddy e Maggie rapidamente se veem envolvidas numa luta sem tréguas que as aproximará uma da outra e na qual os seus limites serão postos à prova e as suas lealdades testadas ao limite.

Em conformidade com o primeiro livro, aqui mantém-se o mesmo estilo de leitura fácil e envolvente. 

O Retrato de Dorian Gray

Após muitos anos a atrás... Aqui está ele!!

O Retrato de Dorian Gray 

("The Portrait of Dorian Gray")
de Oscar Wilde

★★★★☆