domingo, 22 de julho de 2018

OwlCrate Julho 2018: Strange and Unusual


Ao contrário da FairyLoot que recebo todos os meses, a OwlCrate só compro quando é algo que realmente me interessa porque, como vem do USA, costuma ficar preso na alfândega e acaba por sair caro... Mas desta vez não resisti. O tema era bom de mais para deixar passar, adoro coisas estranhas! 
Foi-me prometido artigos inspirados em Harry Potter, Miss Peregrine's Home for Peculiar Children e... Stranger Things!!!


Recebi...


FairyLoot Junho 2018: Rebels in Ballgowns

Esta foi uma crate que esperei ansiosamente porque veio atrasada, ahaha.
O tema despertou-me interesse porque quem não gosta de ver uma cena num baile (principalmente de máscaras!) infiltrado por um herói?
Foi-nos prometido itens inspirados em Legendary, Shatter Me, The Selection e Nevernight.

Então cá vamos nós.
Neste mês recebi...


terça-feira, 17 de julho de 2018

The Mortal Instruments

Já consideravelmente atrasada na hype, finalmente li a saga completa de The Mortal Instruments de Cassandra Clare, também já conhecida apenas por Shadowhunters devido ao ao considerável tamanho do universo em que estas histórias se passam - Estes podem ser os livros principais, mas existe uma boa colecção de spin-offs.



Portanto, a saga The Mortal Instruments é composta por seis livros, sendo eles:
- City of Bones
- City of Ashes
- City of Glass
- City of Fallen Angels
- City of Lost Souls
- City of Heavenly Fire

Entre a Cruz e o Crescente


Esta exposição comemorativa dos 800 anos da Fundação do Convento da Trindade de Lisboa encontra-se actualmente na Torre do Tombo, aberta de segunda a sábado e é de entrada livre.

Foi um acaso ter ido vê-la, não tinha programado nem sabia da sua existência; calhou ir porque tive de ir à Torre do Tombo solicitar alguns documentos; mas é comum existir sempre lá alguma exposição com documentos à guarda do Arquivo Nacional da Torre do Tombo.


Esta exposição aborda o cativeiro como uma realidade comum às sociedades cristãs e muçulmanas, fruto de conflitos bélicos e de ataques de piratas e corsários. É focada na Ordem da Santíssima Trindade, que tinha como objectivo resgates e troca de cativos cristãos aprisionados em terras muçulmanas.


Esta Ordem está datada a 17 de Dezembro de 1198 por bula por o Papa Inocêncio III, mas foi apenas a 1207 que chegaram a Portugal alguns frades trinitários associados a grupos de cruzados em direcção à Terra Santa, a quem D. Sancho I convidou a fundar um convento.



A missão desta ordem era considerada uma obra mui nobre e pia; e a preparação de um resgate era muito complexo, tendo necessidade de autorização régia, nomeações de padres redentores, ajustes de preços com sultões e governadores...



O maior episódio da ordem está ligada à derrota da Batalha de Alcácer Quibir, onde milhares de portugueses ficaram cativos e o nosso próprio rei, D. Sebastião I, pereceu. 


Os resgates a cativos terminaram com a assinatura dos tratados de paz entre Portugal e Marrocos e Argel no início do século XIX.

Foi uma exposição deveras interessante. Desconhecia completamente todos esses factos, nem nunca pensei como funcionariam os resgates religiosos. Foi uma surpresa ter ficado a aprender tanto sobre este tema. É uma exposição bastante informativa e que nos apresentas bastantes documentos históricos originais.

Para quem - como eu - é aficionado por história, é algo que recomendo vivamente a ir ver.

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Mosteiro de Alcobaça

Um dos locais que mais queria visitar em Portugal era este.

O Mosteiro de Alcobaça é classificado como Património da Humanidade pela UNESCO e é uma das Sete Maravilhas de Portugal.


Já é um mosteiro bastante antigo, sendo ainda do tempo de D. Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal!

terça-feira, 3 de julho de 2018

Dino Parque Lourinhã

Ora aqui está aquilo com que não me calava há meses! 

Desde que soube, no ano passado, que iam abrir um parque com estátuas de dinossauros ao ar livre e em tamanho real, nunca mais tirei isso da cabeça. O parque abriu a Fevereiro deste ano e eu não via a oportunidade de lá ir!


sexta-feira, 29 de junho de 2018

Roy Lichtenstein e a Pop Art

Foi inaugurada no Centro Comercial do Colombo uma pequena exposição de um dos mais conhecidos e emblemáticos artistas do movimento da Pop Art: Roy Lichtenstein.



A exposição abriu a 19 de Junho e poderá ser visitada até dia 23 de Setembro deste ano. 
Conta com 41 obras apresentadas por secções ("Pop", "Paisagens", "Homenagens" e "Cartazes") de forma cronológica. 
E o melhor é que sendo no Colombo, é de entrada gratuita! 



Não guardo segredo que a Pop Art é dos meus movimentos artísticos preferidos e que sou uma ávida fã do trabalho de Roy Lichtenstein.

Ele foi um dos criadores deste movimento influenciado pela cultura das massas e sociedade consumista, transformando imagens da cultura pop, banda-desenhada, publicidade e quotidiano em peças tanto icónicas como irónicas que ficaram para a história.


Gostei imenso da exposição e correspondeu às minhas expectativas. Não estava à espera de nada muito grande tendo em conta o espaço, mas adorei ver ao vivo todas as obras apresentadas. Inclusive, tive o prazer de ver um dos meus trabalhos preferidos deste artista!